Política

Prefeitura, Ministério Público e Policia Militar se reúnem para discutir moradores de rua em Santa Cruz

 

 

Na manhã desta quinta-feira (02) aconteceu uma reunião no CREAS em Santa Cruz do Rio Pardo, onde foi discutida a situação de moradores de rua na cidade.

O encontro teve a participação de todos os secretários municipais, do promotor Marcelo Gonçalves Saliba representando a Ministério Público, e Capitão Cassiano Correa de Moraes comandante da PM na cidade.

“Marcamos essa reunião para em conjunto discutimos esse problema, precisamos de uma união de prefeitura, ministério público, policia, pastorais de igrejas, pois a situação é bastante grave” disse Eliane Botelho, secretaria Dos Direitos das Pessoas com Deficiência e de Desenvolvimento Social.

Botelho explicou que a maior parte das pessoas que estão pedindo nas ruas de Santa Cruz, possuem famílias e até endereço fixo na cidade.

 

“Eles não querem deixar as ruas, preferem ficar pedindo, e depois gastam o dinheiro com bebidas e drogas” explicou.

Para Marcelo Saliba uma das soluções é conscientizar a população para não dar esmolas “Eles estão pedindo porque tem quem dá o dinheiro, temos de conscientizar a população que esse dinheiro não é para matar fome, e sim na grande maioria das vezes é para consumo de álcool e drogas”.

Capitão Cassiano deixou a Policia Militar a disposição das assistentes sociais em momentos de abordagem a essas pessoas “Infelizmente não temos efetivo, para por exemplo, deixar uma viatura parada na esquina do ginásio, onde hoje é um dos pontos mais críticos, mas deixo minha equipe a disposição para agendarmos algumas operações e abordar esse pessoal”.

Eliane Botelho revelou ainda que as cidades vizinhas estão mandando moradores de rua para Santa Cruz “Se já não bastasse os aqui da cidade, a gente tem recebido pessoas de cidades vizinhas, e eles acabam ficando aqui, pois alegam que a população de Santa Cruz é muita solidária”.

Ficou definido na reunião que serão realizadas várias ações conjuntas, e ainda uma forte campanha para conscientizar as pessoas a não darem esmola.

 

 

 

“Estou sofrendo perseguição política da administração de Ipaussu” diz vereador e funcionário público

VER NOTÍCIA

Prefeitura aprova os ônibus comprados para o serviço de “Circular”

VER NOTÍCIA

Presidente da câmara de Ipaussu está preocupado com situação de rua no Parque dos Brilhantes

VER NOTÍCIA