Policial

Imprudência e falta de experiência faz com que Santa Cruz amanheça com uma tragédia neste domingo

 

 

Três jovens (foto), morrem atropelados no inicio da manhã deste domingo

 

A população de Santa Cruz do Rio Pardo amanheceu neste domingo (22) com a noticia de uma tragédia, um acidente tirou a vida de duas adolescentes e um rapaz na rodovia Ipaussu-Bauru. Eles foram atropelados no acostamento da rodovia, um outro rapaz também estava com o grupo atropelado, mas apesar dos vários ferimentos não corre risco de morte.

O grupo foi atropelado por um Palio, conduzido por Antonio Marcos (29 anos). Ele também está internado, sofreu vários ferimentos, pois após atropelar os jovens o veiculo se chocou em uma árvore e ficou destruído.

Os quatro jovens estavam voltando para Santa Cruz a pé, eles tinham participado da festa do peão de Ipaussu.

Isabela Lorenzetti de Oliveira, de 15 anos, Kezia Cristina de Carvalho, 15 anos morreram na hora, Wesley Gabriel Batista, 20, chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O quarto atropelado, Carlos César da Silva Adorno segue internado.

O delegado que atendeu a ocorrência, Dr. Gabriel Ulisses, disse que alta velocidade e falta de experiência do motorista devem ser os principais motivos do acidente “Falta de experiência, alta velocidade, ele foi imperito na condução do veiculo, nós apuramos que a carta dele é provisória, apesar de já ter 29 anos ele ia pegar a definitiva ainda, ainda temos que apurar o que aconteceu, mas por ele perder o controle ocasionou toda essa tragédia” disse o delegado. 

Dr. Gabriel confirmou que o motorista foi submetido ao teste do bafômetro, e confessou ao delegado que havia ingerido bebida apenas no sábado pela manhã, e também disse que não se recorda de nada do acidente “A Policia Rodoviária fez o teste do etilômetro com a concordância do indiciado e deu resultado de 0,09, esse resultado prova que houve ingestão de alcool, mas para fins criminais não se configura o crime de embriaguez ao volante, na conversa que tive com ele, afirmou que havia bebido algo no sábado pela manhã, e que não se lembra de nada do acidente”.

O delegado também conversou com o sobrevivente “Ele fala que não viram nada, só depois quando estava cada um para um lado”.

O motorista será indiciado por homicidio culposo, quando não se tem intenção de matar, e pode pegar até 12 anos de prisão. Mesmo no hospital ele recebeu a voz de prisão, e fica preso até passar pelo judiciário.

Os corpos da vitimas estão sendo velado no velório do municipio e serão sepultados na manhã desta segunda-feira (23).

 

 

PMR recupera caminhonete roubada e apreende mais de 190 quilos de maconha em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Era para ser só um treinamento, mas cães da policia encontram drogas em mata de Santa Cruz

VER NOTÍCIA

PM prende dois traficantes na Frei José Maria Lorenzetti

VER NOTÍCIA