Revista

Idoso deve assumir função social na família

 

 

As diferenças de ideologias, pensamentos e convicções estão cada vez maiores entre avós e netos. A tecnologia e a intolerância (seja por motivos políticos, religiosos e de orientação sexual, características marcantes de nossa atual sociedade) colocam um abismo entre idosos e jovens, dificultando o relacionamento entre eles, inclusive dentro das famílias.

O idoso deve usar toda sua experiência para se colocar como uma fonte de orientações para todos que o cercam. Porém, esse respeito não deve ser conquistado no grito e nem vociferando preconceitos e ideias antiquadas. “A melhor maneira de o idoso se impor e assumir uma função social importante em meio a filhos e netos é usar sua experiência para entender como pensam os mais novos e como as boas e más experiências que viveu em sua vida podem ajudar a guiar o caminho daqueles que precisam de conselhos”, afirma Alexandre Moreno, diretor do home care AleNeto Enfermagem.

Para conseguir tal entrosamento, é necessário sabedoria e predisposição para se inserir nestes novos tempos, mesmo que o idoso não concorde com uma série de coisas que andam acontecendo por aí (e não vai concordar mesmo). “Ficar reclamando de tudo o que os netos fazem e falando a famosa frase ‘no meu tempo é que era

bom’, traz poucos benefícios sociais para o idoso e acaba o desconectando de sua própria família, inclusive proporcionando até discussões e brigas. Isso é péssimo porque sentir-se importante, influente e respeitado pelos familiares é importante para preservar a autoestima e manter-se longe de doenças comuns aos idosos, como a depressão”, avalia a enfermeira Nayara Moreno, Responsável Técnica da AleNeto Enfermagem.

A AleNeto se coloca como uma das empresas que melhor conhece os idosos, com atendimento humanizado e profissional nas regiões de Ourinhos, Santa Cruz do Rio Pardo e Bauru. A sede fica em Santa Cruz do Rio Pardo, na Avenida Batista Botelho, 418, Centro. Os telefones são (14) 3372-0631 e (14) 99747-0154 (WhatsApp).

Veja um resumo da lista de serviços e assistências oferecidos pela empresa:

– plantões completos de enfermagem e cuidadores de idosos em domicílio

– todos os procedimentos de enfermagem realizados em domicílio: passagem e retirada de sonda (urina ou alimentação), curativos, banho em idosos ou pacientes debilitados (independentemente da idade), medicação endovenosa, soro, injeção, lavagem intestinal, coleta de sangue e urina, etc

– furinhos de orelha em recém-nascidas e bebês

– assistência completa de babás

– Plano “Minha Enfermeira”: consultas completa de enfermagem, toda semana, em domicílio, e gestão completa de medicamentos e orientação/supervisão sobre procedimentos de higiene, alimentação, estímulos e controle geral da condição clínica

– Plano “Personal gestante”: nós acompanhamos todos os passos da futura mamãe, com consultas semanais completas de enfermagem, acompanhamento e orientação sobre alimentação, medicação, vitaminas, cuidados com a pele, planejamento de materiais e utensílios para o bebê, planejamento de materiais e utensílios para o puerpério, acompanhamento pós-parto e desconto de 20% em nossos planos de babás.

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA