Saúde

Santa Cruz não registra novos casos de dengue, mas campanha continua

 

 

Mesmo sem registrar casos positivos de Dengue desde o último dia 10 de outubro a vigilância no combate ao mosquito transmissor da dengue, febre do chikungunya e Zika vírus tem que ser constante.

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, com as pancadas de chuva e as altas temperaturas, a população deve estar atenta.

O Aedes aegypti vive em ambiente público e domiciliar. O poder de reprodução é enorme. O ovo do mosquito da dengue, consegue sobreviver
por mais de um ano, mesmo se o local onde foi depositado estiver seco. Por isso, para a prevenção dessas doenças, é fundamental evitar o
acúmulo de água parada. 

Algumas recomendações são fundamentais como separar o lixo em sacos plásticos e colocá-los na porta de casa ou na calçada, somente no
horário de coleta, evitando o acúmulo de resíduos em locais públicos. Vale destacar que uma tampinha de refrigerante, um copo descartável ou
uma sacola de plástico podem acumular água e virar um criadouro do mosquito, limpar as calhas, tampar e vedar bem quaisquer recipientes que
podem acumular água, como potes, pneus, barris e caixa d’água, que deve ser mantida limpa, por exemplo, são outras importantes ações que, se
realizadas regularmente, evitam focos do Aedes Aegypti.

Em Santa Cruz no ano de 2019 foram registrados 606 casos de dengue e 4 casos estão em investigação. Um mutirão de limpeza e fiscalização com o objetivo conscientizar a população sobre os riscos provocados pelo acúmulo de lixo, gerando mais segurança e melhor qualidade de vida, promovendo a limpeza dos quintais, de modo a evitar a proliferação de escorpiões e insetos transmissores de doenças, como a Dengue, a Zika Vírus e Febre Amarela e a Chikungunya, está acontecendo no município é necessário que a população  descarte todo material inservível de seu quintal que possa acumular água servindo de criadouro do mosquito Aedes aegypti e abrigo de escorpião, serão recolhidos massa verde e material inservíveis (ressaltando que não será recolhido montes de entulhos que ultrapassem a quantidade somente até 1 metro cúbico).

Cronograma

Dia 11 de Novembro de 2019


•       Jardim Tokomoto, Vila Fabiano, Bairro São José , Vila Divinéia,
Bosques dos Eucaliptus, Vila Madre Carmem, Vila Maristela, Vila Bom
Jardim e Jardim Califórnia


Dias 12 e 13 de Novembro de 2019


•       Parque São Jorge, Vila Saul, Vilas Mathias, Jardim Santana 1,2 e 3,
Jardim Brasília, Jardim União, Jardim Bela Vista, Jardim Planalto,
Residencial Paraiso, Bosque Lorenzetii 1 e 2, Morada da Ponte Nova e
Jardim Paulista 1 e 2.

Dia 14 de Novembro


•       Centro Jardim Umuarama , Vila Samaritana, Joaquim Paulino, Chácara
Peixe, Jardim Ipê, Vila Rocha, Chácara Camargo e Vila Gonzaga .

IMPORTANTE :COLOCAR O MATERIAL NO DIA ANTERIOR, OU ATÉ ÀS OITO HORAS DA
MANHÃ DO DIA DA PASSAGEM DO CAMINHÃO, NÃO SERÁ RECOLHIDO : LIXO
ELETRÔNICO, LÂMPADAS E ENTULHO DE CONSTRUÇÃO.

 

 

 

Segunda etapa da vacinação contra o Sarampo começa na próxima segunda-feira (18)

VER NOTÍCIA

Enfermeira obstetra da Santa Casa participa de grupo de gestantes da Vila Fabiano

VER NOTÍCIA

Enfermeira e médico da Santa Casa participam de Curso sobre emergências obstétricas

VER NOTÍCIA