Política

Santa Casa terá intervenção do município por requisição administrativa

 

 

Publicidade

 

Coletiva com André Mello e Diego Singolani sobre a intervenção na Santa Casa (foto)

 

A Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo entregou na prefeitura ontem (11 de dezembro) ofício requerendo apoio administrativo e técnico. A intervenção é por requisição administrativa e não total, ou seja, foi definida de forma consensual após reuniões entre diretoria, conselho administrativo, Ministério Público e prefeitura.

Portanto, a estrutura do hospital segue a mesma com atendimentos SUS, convênios e particulares. A intervenção terá o prazo de 180 dias prorrogável por igual período caso necessário. “É uma conjugação de esforços para passar por um momento de dificuldade que não é privilégio da Santa Casa de Santa Cruz, pois quando se fala em saúde é preciso pensar em um ajuste nacional. Serão mais pessoas envolvidas em torno do objetivo comum de melhoria para o hospital”, disse o assessor de direção, André Mello em coletiva desta quinta-feira (12 de dezembro) à imprensa.

Nos próximos dias a Santa Casa entregará o balanço contábil e demais documentos necessários, como débitos referentes a empréstimos, financiamentos, extratos atualizados de pagamentos e receitas para que seja realizada a transição.

Desde o início de 2018 iniciou no hospital a modernização de acesso às informações e números, deste modo é bastante transparente e facilitada e entrega dos dados ao município. O déficit mensal do hospital gira em torno de R$ 500 mil. Portanto a conjugação de esforços visa dar continuidade ao saneamento da Santa Casa iniciado em janeiro do ano passado.

Para o processo de intervenção serão nomeados interventor e administrador. Os nomes serão anunciados nos próximos dias.

“No primeiro momento será apresentado este balanço a nós para que depois possamos fazer o orçamento e outras providências como potencializar receitas e sanear dívidas”, falou o secretário municipal de saúde, Diego Singolani.

“Esta foi uma saída jurídica e administrativa para que a Santa Casa tenha um futuro mais promissor, a exemplo do que aconteceu na cidade de Vinhedo, onde a experiência foi bastante positiva e a intervenção teve curta duração”, finalizou André Mello.

A SANTA CASA

A Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo é um hospital filantrópico, fundado há 106 anos.

Mais de 60 % dos atendimentos são referentes ao SUS (Sistema Único de Saúde). O restante fica por conta dos convênios e particulares.

Em média por ano são registradas mais de cinco mil internações entre clínica médica e cirúrgica, além das urgências e emergências. O hospital é classificado na média complexidade.

Em parceria com a prefeitura são realizados os atendimentos ambulatoriais, realizados no Pronto Atendimento da Santa Casa. São mais de 30 mil por ano.

PRODUÇÃO

Mensalmente é registrada uma média 150 cirurgias, 2 mil Raio X, 200 eletrocardiogramas, 600 ultrassonografias, 230 tomografias e 2.100 consultas ambulatoriais.

O hospital conta com cerca de 250 colaboradores e 70 médicos no quadro clínico.

 

REFERÊNCIA 

As UTI’s do hospital, tanto a Neonatal como Adulto são consideradas referência no Estado de São Paulo.

 

SOLIDARIEDADE 

Para tentar driblar as dificuldades, influenciadas pela defasagem da tabela SUS, a Santa Casa de Santa Cruz conta com as doações realizadas por meio do serviço de telemarketing, serviços voluntários, apoio da ONG Acorda Santa Cruz, que atua na reforma de quartos do hospital, manutenção de brechó em prol do hospital e doações de produtos de limpeza e alimentícios pela sociedade. Além da realização de eventos com renda revertida para o hospital.

 

MELHORIAS 

Em 2018 com um novo de formato de gestão mais participativo por parte dos diretores, foi iniciada uma série de melhorias estruturais e aquisição de equipamentos. 

Foi entregue em 2019 a reforma da cozinha e UTI Neonatal e em construção o novo almoxarifado. Já a reformulação do Pronto Atendimento foi entregue no início do segundo semestre do ano passado.

Além disso, diversos setores passaram por melhorias como pintura e troca de telhado. No momento está em andamento a reforma do Centro Cirúrgico, assim como de espaço para instalação de laboratório.

 

 

 

 

Covid-19: sete internações só no final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Covid-19 em Santa Cruz: 808 casos positivos e 786 pessoas curadas

VER NOTÍCIA

Depois de três meses Santa Cruz registra caso positivo de dengue

VER NOTÍCIA