Policial

Policia Civil desvenda roubo a mão armada em Santa Cruz, um homem foi preso

 

 

Publicidade

 

Em um brilhante trabalho de investigação uma equipe da Policia Civil de Santa Cruz do Rio Pardo, comandada pelo delegado Valdir Alves, prendeu um homem que realizou roubo em residência na Chácara Peixe no último dia 20.

Na ocasião, durante a tarde, dois homens armados, um com revólver e outro com uma machadinha, invadiram a casa onde a moradora estava com seu filho de 9 anos. Mediante graves ameaças os ladrões queriam que a mulher abrisse o cofre da casa. Diantes das ameaças a mulher indicou aos ladrões uma caixinha na cozinha onde estavam R$ 8.000,00. Os homens pegaram o dinheiro e antes de fugirem fizeram mais ameaças caso a mulher acionasse a policia.

Assim que a informação chegou até a Central de Policia Judiciária da cidade, a equipe de investigadores iniciou o trabalho de investigação e através de imagens de sistema de monitoramentos e testemunhas, os policiais descobriram quem era um dos ladrões e o veiculo usado para fuga, um Gol branco.

Simulacro usado no crime

 

Descobriu-se que o suspeito tem 28 anos, trabalha como pintor e inclusive havia trabalhado na residência dias atrás e na semana do roubo esteve pela vizinhança tentando desfocar as câmeras de segurança. Teve inicio várias diligências, e na casa do suspeito os policiais encontraram um chapéu idêntico ao usado no dia do roubo. Porém o ladrão não foi localizado.

Mesmo de folga os investigadores continuram as investigações e na tarde deste sábado (28) localizaram o pintor na cidade de Ipaussu, onde ele estava escondido. Os policiais também localizaram o veiculo Gol em Ipaussu e diante de todas as evidências o homem acabou confessando o crime, levando os investigadores ao local onde ele havia dispensado o “revólver”, já que se descobriu ser um simulacro de arma de fogo.

Foi dada a voz de prisão ao pintor, e graças ao bom trabalho de investigação e todas as provas recolhidas, o Juiz de Direito de plantão decretou a prisão do homem e encaminhado para a cadeia de São Pedro do Turvo onde fica a disposição da justiça. Os trabalhos de investigação continuam e a policia está atrás do outro ladrão. Já se sabe que eles repartiram o dinheiro e depositaram em contas bancárias. A pedido da justiça essas contas já estão bloqueadas.

Trabalharam na ocorrência o delegado Dr. Valdir Alves e os investigadores Valdeci, Fredeirco, Honorato, Hugo e Waner, equipe chefiada pelo delegado responsável da CPJ de Santa Cruz, Dr. Renato Caldeira Mardegan. 

Chapeú usado pelo ladrão no dia do roubo

 

 

 

Cão Bóris localiza drogas dentro de impressora em Ourinhos

VER NOTÍCIA

Jovem de 19 anos é presa com 16 tabletes de maconha em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

PMR apreende 365 celulares contrabandeados em Santa Cruz, carga foi avaliada em 1 milhão de reais

VER NOTÍCIA