Região

Homem confessa ter matado Emanuelle, ele chegou “ajudar” nas buscas pela menina

 

 

Terminou da pior maneira possível o mistério do desaparecimento da menina Emanuelle Pestana de Castro (8 anos) na cidade de Chavantes. Um vizinho da familia confessou no inicio da noite desta segunda-feira (13) que matou a menina e o corpo estaria em uma fazenda nas proximidades.

A menina estava desaparecida desde a última sexta-feira (10) quando brincava em uma praça da pequena cidade. Imagens de câmeras de segurança foram fundamentais para que a policia chegasse até o suspeito.

Durante a tarde uma equipe da TV Record esteve em Chavantes e informou que um sujeito de nome Agnaldo e vizinho da casa de Emanuelle seria o principal suspeito do desaparecimento da menor. Rapidamente moradores foram até o local e bastante revoltados ameaçaram a integridade do suspeito. A policia teve que agir para evitar que o pior acontecesse com o até aquele momento um suspeito.

Talvez assustado e temendo pela sua própria vida, Agnaldo acabou confessando o crime para a policia, e indicou onde estava o corpo da pequena Emanuelle.

Em uma rede social o delegado seccional de Ourinhos, Dr. Antonio José Fernandes Vieira, confirmou que o corpo da menina foi encontrado onde o assassino havia indicado.

Populares que ajudaram nas buscas confirmaram que Agnaldo chegou a ajudar nas buscas de Emanuelle, mostrando todo o seu sangue frio.

Segundo informações também, Agnaldo tem um homicidio em sua ficha, matou o seu próprio irmão por uma briga banal.

A policia ainda não informou o motivo do crime e como agiu o assassino.

 

 

 

Policia faz apreensão de drogas em Salto Grande com ajuda do cão Bóris

VER NOTÍCIA

Homem foge de abordagem policial, mas “perde” 19 porções de maconha

VER NOTÍCIA

Policia faz apreensão de 20 tabletes de maconha em Santa Cruz

VER NOTÍCIA