Política

Ricardo Madalena assumirá Presidência da Assembléia Legislativa de São Paulo

 

Publicidade

 

O deputado estadual Ricardo Madalena (PL), assumirá interinamente a presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) entre os próximos dias 26 e 28 de fevereiro. O deputado, que atualmente é o segundo vice-presidente da Casa, foi comunicado oficialmente que assumirá a presidência, com a solicitação de licença do presidente Cauê Macris (PSDB) e do primeiro-vice presidente, Gilmaci Santos (Republicanos). 
 
O deputado Ricardo Madalena é natural de Santa Cruz do Rio Pardo, casado e pai de três filhos. Engenheiro civil formado em 1988 pela Universidade de Bauru (Unesp), foi eleito deputado estadual em 2014 com 45.771 votos e reeleito em 2018 com 77.554 votos, obtendo o maior percentual de votação(69%) na comparação das duas eleições entre todos os candidatos reeleitos (num total de 42) para a Assembleia Legislativa de São Paulo.

Iniciou suas atividades profissionais em 1989 como Secretário de Obras nas cidades de Santa Cruz do Rio Pardo e de Ipaussu.

Em 1996, constituiu a empresa RBL Construção e Engenharia, onde atuou como sócio-proprietário, realizando aproximadamente 60 obras públicas na região até 2007, quando foi nomeado Superintendente do DNIT/SP, sendo o responsável por promover melhorias nas rodovias federais e ferrovias do interior de São Paulo.

POLÍTICA

A família de Ricardo Madalena tem tradição na política. Seu bisavô foi prefeito em Espírito Santo do Turvo. O avô, vereador em Santa Cruz do Rio Pardo por vários mandatos. Seu pai, Mario Madalena, foi por duas vezes prefeito de Ipaussu (onde residiu por 30 anos). E o primo Otacílio Parras Assis foi prefeito –  por dois mandatos – em Santa Cruz do Rio Pardo.

COMISSÕES

Uma de suas principais atuações no Parlamento Paulista foi como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Fosfoetanolamina sintética – a chamada “Pilula do Câncer”. Também foi relator da CPI dos Acidentes no Transporte Ferroviário de carga e membro efetivo das Comissões de Infraestrutura, Administração Pública e Relações do Trabalho, CPI de Energia Elétrica, CPI Epidemia da Dengue, CPI Cartelização da Citricultura e suplente nas Comissões de Atividades Econômicas, Transporte e Comunicações e na CPI do Sistema Financeiro.

Assumiu, em fevereiro de 2019, a Coordenação da Frente Parlamentar em Prol do Transporte Metroferroviário (FTRAM), criada em novembro de 2016. O principal foco da Frente é remover os entraves para o crescimento do transporte metroferroviário, reforçar a qualidade e a importância de bons projetos e propiciar um fórum de debate de propostas, visando ao estabelecimento de ações que contribuam para a expansão do transporte de passageiros sobre trilhos e a eficiência da mobilidade urbana no Estado.

Em 15 de março de 2019 foi eleito Vice-Presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo e em 17 de abril assumiu a Presidência da Comissão de Transportes e Comunicações (CTC), que irá tratar da renovação e das novas concessões de nossas rodovias, entre outras atribuições.
 
 

COVID-19: Ricardo Madalena se reúne com Secretário de Estado da Saúde e pede apoio para região

VER NOTÍCIA

“Mais do que decretos, a população deve pensar em sua saúde” diz Diego Singolani

VER NOTÍCIA

Estado de SP terá restrição de circulação entre 23h e 5h até 14 de março

VER NOTÍCIA