Revista

Assistência Social de Santa Cruz lança campanha “Não dê Esmola”

 

Publicidade

 

A Secretaria de Assistência Social lança nesta quinta-feira, 22, a Campanha Não Dê Esmola. A ação, em parceria com a Secretaria de Comunicação, tem como objetivo conscientizar a população sobre os caminhos corretos para colaborar com pessoas em situação de rua.

Com os dizeres “A vontade de ajudar pode ser grande, mas dar esmola não ajuda ninguém de verdade”, cartazes foram fixados em estabelecimentos comerciais da cidade e faixas em pontos estratégicos, além da campanha on-line, nas redes sociais e site da Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo. Além da mensagem, a campanha traz o contato do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), equipamento responsável pela triagem, acompanhamento e direcionamento de pessoas em situação de rua.

A secretária de Assistência Social Ana Laura Camparini Pimentel Trevizan, explica que os técnicos do CREAS realizam a abordagem social monitorando as pessoas em situação de rua e triando. Segundo ele, muitos não são de Santa Cruz do Rio Pardo. Nesse caso, a Secretaria realiza a investigação de origem e entra em contato com a família, a fim de estreitar vínculos familiares e reinserir a pessoa no seio familiar.  

Com os moradores em Santa Cruz que estão na rua a abordagem é diferente. A secretaria trabalha o estreitamento de vínculos familiares. “Por isso, a partir do momento que essas pessoas recebem esmolas, todo o trabalho que realizamos para estreitar vínculos acaba sendo fragilizado, pois a esmola faz com que vícios sejam alimentados e são eles o motivo maior da permanência dessas pessoas na rua, ao passo que a família tenta, de todas as formas, não colaborar com essa situação”, explica Ana Laura.

Em muitos casos, a internação para tratamento é necessária. “Realizamos abordagens próximas e frequentes e em alguns casos, conseguimos conscientizar a pessoa a aceitar o tratamento por meio de internação”, disse a secretária de Assistência Social.

Neste cenário, a campanha colabora para conscientizar que a vontade de ajudar das pessoas deve ser voltada para colaborar com as políticas de assistência social, por meio de informações sobre as pessoas em situação de rua ao CREAS. O CREAS fica na rua José Ephifânio Botelho, 841. É possível falar também pelo telefone 3372 7050.  

 

 

Confira os ponto de arrecadação da “Campanha do Agasalho” em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Campanha do agasalho começa nesta quarta-feira em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Vaquinha do Alimento promove vendas da Chocolataria Frei Chico

VER NOTÍCIA