Policial

Briga por som alto termina em “facãozada” na Vila Divinéia

 

 

Fonte: Dario Miguel

 

Um morador da Vila Divinéia foi preso em flagrante por tentativa de homicídio ao atingir o vizinho com um golpe de facão na cabeça na noite desta terça-feira, 21. De acordo com a vítima, o crime aconteceu após uma discussão motivada pelo volume do seu aparelho de som, que estaria incomodando o agressor.

O fato ocorreu na rua Nego Maria. A vítima, um homem de 51 anos, desempregado, prestou depoimento ao delegado Valdir Alves de Oliveira na manhã de hoje na Santa Casa de Misericórdia, onde segue internado.

Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 20h15 da noite de ontem, a Polícia Militar recebeu um chamado para ocorrência de agressão com vítima de facada. Os policiais Cabo Oliveira e Soldado Cindy encontraram pelo local indicado a vítima bastante ensanguentada. O homem, mesmo ferido, disse aos policiais que foi atacado pelo vizinho e que a arma estava dentro do carro do mesmo. O motivo da agressão teria sido o volume do som da casa da vítima. O vizinho se incomodou com o barulho, foi até a residência pedir que abaixassem o volume e, a partir daí, começou um bate boca, que culminou com troca de empurrões e socos. Na sequência, de acordo com a vítima, o agressor foi até o veículo, pegou o facão e desferiu o golpe contra sua cabeça.

O Samu foi acionado e prestou socorro, encaminhando a vítima para a Santa Casa.

A equipe da PM comandada pelo Sargento Luiz Roberto localizou no interior do carro o facão utilizado no crime e também uma foice. O agressor foi preso e apresentado ao plantão da Polícia Civil em Ourinhos. O delegado Eduardo Doretto ratificou a prisão por tentativa de homicídio – crime inafiançável.

O autor foi conduzido para a cadeia de São Pedro do Turvo, ficando a disposição da Justiça.

 

 

Equipe do 13º BAEP prende mulher procurada da justiça na Madre Carmem

VER NOTÍCIA

PM prende homem com CNH “comprada” em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

PMR apreende grande quantidade de maconha em Santa Cruz do Rio Pardo

VER NOTÍCIA