Política

Psiu defende funcionários da Câmara e ataca proprietário do jornal Debate, ouça

 

O vereador Luiz Carlos Novaes Marques (PSDB), Psiu, teceu várias críticas para o proprietário do jornal Debate de Santa Cruz do Rio Pardo, Sérgio Fleury.

Psiu condenou a matéria que o jornal publicou sobre os salários de funcionários da câmara de vereadores do município.

“O jornal Debate publicou os salários da câmara, mas o senhor Sérgio Fleury não publica os salários da prefeitura, lá o Procurador ganha R$ 17 mil Reais, temos aqui a Renata a Roseli, eu vejo elas estão aqui sempre trabalhando até oito, nove da noite, e é claro que tem caso de excesso, mas o senhor é tendencioso Sérgio Fleury, o senhor é tendencioso e está magoado, publicou uma página inteira para falar mal de um desafeto político” disse o vereador para o dono do jornal que estava na sessão.

dsc06136

O vereador eleito João Marcelo (DEM) acompanhou a sessão da segunda-feira

 

O vereador continuou o ataque “A questão é moral, quem tem moral para falar de quem, eu acho que a moral da pessoa também tem de ser levada em conta, para apontar o dedo para alguém tem que ter moral, aí que está”.

Para o vereador tucano as pessoas precisam saber o que está acontecendo antes de saírem criticando, e citou o caso por exemplo, do motorista da câmara que veio da prefeitura com quase 10 anos da prefeitura, e por isso tem vários direitos que fazem seu salário ser pouco mais de R$ 4 mil Reais.

dsc06137

O novato Joel também estava acompanhando os trabalhos

 

Psiu terminou seu pronunciamento com recado para os novos vereadores “Eu peço para os novos vereadores, estou vendo aqui o Joel e o João Marcelo, e para os demais, que tomem posse primeiro, vejam como funciona e depois tomem providências” concluiu Psiu.

Sérgio estava acompanhando a sessão e de forma tímida rebateu algumas declarações do vereador Psiu, pois o Regimento Interno impede manifestações das pessoas que estão acompanhando os trabalhos. O proprietário do jornal Debate disse que publicou sim matérias de salários da prefeitura e citou como exemplo o caso do advogado Marcelo Picinin.

Ouça o depoimento do vereador Luiz Carlos Novaes Marques, abaixo:

 

 

 

Santa Cruz do Rio Pardo realiza 11ª Conferência Municipal de Assistência Social

VER NOTÍCIA

Prefeito Diego Singolani visita o projeto Orquestra de Câmara Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Veja as principais mudanças em Santa Cruz com novo decreto

VER NOTÍCIA