Política

R$ 3,5 milhões são desviados da prefeitura de Santa Cruz, uma funcionária é afastada

 

 

O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo, Otacílio Parras Assis (PSB), convocou uma entrevista coletiva no final da manhã desta sexta-feira (23), onde divulgou que nos últimos anos foram desviados mais R$ 3,5 milhões dos cofres da prefeitura da cidade.

“Infelizmente ontem fui surpreendido com uma informação que vem ocorrendo um crime aqui dentro da prefeitura, coisas que graves que estragaram o final de ano, nós apuramos ontem que um servidor ou uma servidora municipal está participando de um esquema de desvio de dinheiro da prefeitura, nós apuramos até o momento um desvio de R$ 3,5 milhões” disse Otacílio.

O prefeito continuou “Nós já descobrimos que esse desvio vem da administração anterior, mas continuou em nosso governo, é um fato grave, criminoso, já descobrimos que extrato bancário de janeiro de 2013 era falso, inclusive já achamos o extrato verdadeiro, isso vai ter ser apurado, já vamos fazer a denúncia na policia e já colocando toda a contabilidade e funcionário da prefeitura a disposição da policia a partir de hoje para que tudo seja apurado, é meu interesse que isso seja investigado e que o criminoso ou criminosa, ou criminosas ou criminosas vão para cadeia, e que se tiverem um pouco de honra que se suicidem com um tiro na cabeça, atrapalharam toda uma administração, colocaram a honra de funcionários na lama, atrapalhando o desenvolvimento de uma cidade, são pessoas que não merecem o crédito, mas eram de extrema confiança da nossa administração, não honraram essa confiança, espero que confessem o crime e falem a verdade para que tudo seja esclarecido”.

Durante seu pronunciamento o prefeito se mostrou bastante chateado com a situação e muito nervoso, tanto que as lágrimas reforçou o pedido para que os culpados se matem e encerrou a entrevista  “É desanimador, fazer uma administração séria, trabalhando, aí vem um ou uma imbecil e coloca todos na lama, essa pessoa tinha ter a honra e dar um tiro na cabeça e se suicidar, está encerrada a entrevista” completou o prefeito que deixou o local chorando abraçado a com um de seus filhos.

Uma funcionária do setor financeiro, principal suspeita dos desvios até o momento, foi afastada, e como o prefeito ficou muito emocionado e não conseguiu continuar a entrevista não foi possível saber como ela agia e se mais pessoas serão afastadas.

A reportagem SCN foi procurada por alguns funcionários da prefeitura bastante revoltados com a companheira de trabalho, uma delas com celular na mão mostrou fotos da suspeita na rede social em viagens “Olha aqui tudo isso com nosso dinheiro”.

Assista ao depoimento do prefeito:

 

 

Conselho Tutelar de Santa Cruz abre processo seletivo para suplente

VER NOTÍCIA

Ricardo Madalena destina mais de 2,7 milhões para saúde dos municípios do interior paulista

VER NOTÍCIA

Santa Cruz é contemplada com R$ 360 mil em convênio para investimento turístico

VER NOTÍCIA