Revista

Santa Casa recebe R$ 50 mil em doação de empresa santa-cruzense

 

 

Metade do valor foi arrecadada em ato concreto, promovido pelos colaboradores da empresa

 

O espírito solidário tem sido uma das grandes motivações para a manutenção da Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Mais uma prova disso, aconteceu na tarde de terça-feira (25 de abril), quando a Cerealista São João Alimentos fez a entrega simbólica do cheque de R$ 50.030 aos representantes do hospital, durante evento que contou com a participação da diretoria e colaboradores de diversos setores da empresa.

O recurso é resultado de um ato concreto de Natal, organizado pelo setor de Recursos Humanos da empresa. Os colaboradores arrecadaram metade do valor, como uma das provas da gincana, e a empresa fez a doação da outra parte. Esta é a segunda vez que o dinheiro levantado com a atividade, na Cerealista, é revertido ao hospital.

Na ocasião, a administradora do hospital, Andreia Laudácio, entregou aos sócios proprietários da São João, a prestação de contas do investimento da verba, utilizada para compra de itens básicos, como, medicamentos e insumos, seringas, agulha, soro e luvas.

De acordo com a farmacêutica do hospital, Halina Leme Faleiros, o valor é suficiente para custear metade das despesas, com itens básico, no mês.

Administradora, Andreia Laudacio entrega prestação de contas à empresa São João Alimentos

 

“O valor pode ser expressivo para nossa realidade, mas nem tanto para a Santa Casa, mas sabemos que de gotinha em gotinha é que algo maior é construído. Também é importante unir e entusiasmar o colaborador nesta causa, mas uma vez reitero que não há um dono da Santa Casa, todos nós somos responsáveis e por isso temos de colaborar”, comenta o empresário, Irineu Pegorer, São João Alimentos.

O provedor da Santa Casa, Hélio Pichinin, falou da importância da mobilização da empresa em prol do hospital, tendo em vista a grave crise financeira atravessada, acarretando um déficit mensal de R$ 300 mil. “O prejuízo é grande e as dificuldades imensas, mas se a Santa Casa está aberta e vai continuar atendendo é por ações como esta da São João Alimentos. Por mais difícil que a situação esteja, é animador encontrar empresários como vocês e não é a primeira vez que estou aqui para agradecer”, ressaltou.

“Esperamos sensibilizar as demais empresas da cidade para ajudar à Santa Casa, mas não apenas de forma financeira, mas de conhecimento de causa e auxílio na gestão. Já que não temos prestigio junto aos órgãos públicos, que possamos contar com o setor privado”, completa o provedor.

MAIS

A Cerealista São João Alimentos também está engajada na reforma da Sala de Admissão de Gestantes do hospital. Foram doados R$ 35 mil para as melhorias necessárias no espaço que estava em condições precárias. As obras estão em andamento. A execução é acompanhada pelos voluntários do MASC (Movimento Acorda Santa Cruz).

 

 

 

 

 

Santa Cruz é a 5ª cidade que mais gera emprego na Citricultura

VER NOTÍCIA

Prejuízo dos produtores de soja na região pode chegar a R$ 100 milhões de reais

VER NOTÍCIA

Para fechar o ano! Cart divulga novos valores das tarifas de pedágio

VER NOTÍCIA