Esportes

Prefeito de Ourinhos oficializa início das aulas de Karatê e Jiu Jitsu no Batalhão da PM

 

 

O prefeito Lucas Pocay oficializou em cerimônia na manhã da quarta-feira (03) o início das aulas de Karatê e Jiu Jitsu no 31º Batalhão da Polícia Militar. Pais, alunos, professores, autoridades e representantes da Polícia Militar prestigiaram o evento. O prefeito Lucas Pocay acredita que a ação de criar turmas de artes marciais em outros endereços além do Ginásio Monstrinho incentiva ainda mais o esporte, além de oferecer mais vagas.

“Quando a gente centraliza em um local só, temos um público pequeno. Quando disseminamos, ampliamos o alcance”, fala Lucas que elogiou o projeto, uma iniciativa da vereadora Raquel Spada, através da parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura Municipal.

         Lucas ressalta que a aproximação das crianças com os policiais é uma forma de ensinar a importância dos profissionais em nossa sociedade. “A criança entende que a polícia é segurança. Aprende que antes de tudo é preciso ter respeito. E neste contexto, se forma o caráter e a disciplina de cada um”, pontua.

         A Tenente Coronel da PM, Cenise Araújo, diz que o esporte é uma das formas de se combater a criminalidade. “O esporte é uma prevenção primária contra a criminalidade. Estando aqui, elas nos veem de forma diferenciada, como profissionais e amigos, e isso é satisfatório. Estamos de portas abertas para receber todos os alunos e suas famílias”, diz.

         O secretário de esportes e lazer, Sérgio Gaspar, acredita que esta ação encurta o caminho entre as crianças e jovens até o esporte. “A finalidade não é levar a população até o esporte e sim trazer o esporte até a população e isso é de grande valia”, afirma. Ele revela, ainda, que o prefeito Lucas Pocay pretende implantar mais projetos do mesmo modelo em outras localidades, como na AMO-SIM.

         A vereadora Raquel Spada diz que a grande motivação do projeto foi a oportunidade de ocupar as crianças com esporte, tirando a chance de vê-las envolvidas com a criminalidade. “Hoje a internet ocupa o tempo das nossas crianças e precisamos fazer algo para que elas se ocupem com atividades que ensinem e moldem o caráter delas, afastando do caminho das drogas, e colocando oportunidades de serem alguém em suas vidas”, fala.

 

HORÁRIO DAS AULAS – O professor de Karatê, Paulo Alexandre Crispim, que ficará responsável pelas crianças diz que os pais podem esperar que seus filhos tenham o caráter moldado através da arte marcial, que ensina disciplina, respeito e humildade. Segundo ele, as aulas vão acontecer todas as quartas, às 8h30. “Para participar, é só comparecer no batalhão no dia da aula. A criança deve estar com short e camiseta, pronto para começar”, fala.

O professor de Jiu Jitsu, Douglas Calegari, ministrará aulas de terça e quinta, das 9h às 11h, e no período da tarde, das 14h às 16h. Para ele, mais do que ensinar uma arte, é ensinar princípios. “Eu costumo dizer que o mínimo que eles tem que aprender é o respeito. Quero através das minhas aulas, formar um bom cidadão, o que for daí em diante, é escolha dele”, garante.

A cabeleireira Juliane Aline Antunes, mãe do Vinícius, de sete anos, matriculou o filho quando ficou sabendo das aulas de karatê. Segundo ela, já era vontade de Vinícius praticar a modalidade. Juliane vê a iniciativa como uma forma de alcançar ainda mais a população.

“Moro no Jardim Brilhante, então para mim, é bem mais acessível. A iniciativa é muito benéfica. Amplia o acesso, o número de vagas e nós, como mães, nos esforçamos para fazer a vontade deles, sem dúvida”, diz.

Vinícius participou da primeira aula e disse que gostou muito de todos os exercícios. “Não quero perder nenhuma aula”, falou.

 

 

CAS inicia quarto ano do Projeto Formando Talentos

VER NOTÍCIA

CAS promove 1º Torneio Interno Ibson Caetano

VER NOTÍCIA

“1ª Corrida da Consciência Negra” agitou o final de semana em Santa Cruz

VER NOTÍCIA