Política

Comissão dá parecer favorável ao PL de Ricardo Madalena que proíbe construção de hidrelétricas no rio Pardo

 

 

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), deu parecer favorável, por unanimidade, ao projeto de lei 198/2017 do deputado Ricardo Madalena, que dispõe sobre a proibição de construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) em toda a extensão do rio Pardo.

O projeto já havia sido aprovado na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação). A próxima etapa é seguir para o Plenário, onde será votado, aguardando apenas a data.

O rio Pardo é o principal rio da bacia hidrográfica do Médio Paranapanema e está entre os maiores do Estado. O rio percorre 15 cidades: Pardinho, Botucatu, Pratânia, Itatinga, Avaré, Cerqueira Cesar, Iaras, Santa Bárbara, Óleo, Bernardino de Campos, Santa Cruz do Rio Pardo, Chavantes, Canitar, Ourinhos e Salto Grande.

“Foi com grande felicidade que vi meu projeto ser aprovado na Comissão do Meio Ambiente. Sabemos que a construção dessas centrais causa danos irreversíveis em toda área da bacia hidrográfica, e traz consequências sociais e econômicas graves para nossa região. Não medirei esforços no sentido de proibir essas construções”, disse Ricardo Madalena.

 

 

Campanha do Meio Ambiente doa 70 mudas de árvores e arrecada 25 quilos de lixo eletrônico

VER NOTÍCIA

Santa Cruz terá distribuição de mudas de árvore em comemoração ao mês do Meio Ambiente

VER NOTÍCIA

Mutirão de limpeza recolheu quase 500 toneladas em Santa Cruz

VER NOTÍCIA