Policial

Policia Civil de Santa Cruz prende foragido de Bauru, tatuagem “entregou” o rapaz

 

 

O delegado Valdir Alves de Oliveira (foto), conduziu a ocorrência

 

O tino policial e a perspicácia do delegado Valdir Alves de Oliveira e do investigador Raul Leite de Carvalho, foram fundamentais para a prisão de um homem fugitivo da cadeia de Bauru desde maio deste ano.

Durante mandado de busca e apreensão de uma mulher no bairro São José, os policiais encontraram um cigarro de maconha em uma estante, o amásio da procurada disse ser para seu consumo.

Os dois foram conduzidos para a Central de Policia Judiciária, a mulher foi presa acusada de ser integrante de uma quadrilha que realizou vários roubos, em Santa Cruz ela passava aos ladrões as casas com potencial para o crime.

Durante a elaboração da ocorrência o homem disse se chamar Matheus, mas não estava com seus documentos, e o nome de sua mãe seria Maria. Os policiais não encontraram arquivos do nome passado, e estranharam o fato de ele ter uma tatuagem com o nome Pedrina.

Então foram realizadas várias pesquisas e graças a tatuagem os policiais descobriram que o nome do rapaz na realidade é Diego Oliveira (31 anos), sua mãe Pedrina, e é foragido da cadeia de Bauru desde o dia 22 de maio deste ano.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão, e o rapaz acabou sendo preso junto com sua amásia.

 

Pensão alimentícia

Nas últimas horas dois homens foram presos pela falta de pagamento da “pensão alimentícia”, e por coincidência os dois são moradores do Parque das Nações. O primeiro tem 35 anos, já o segundo está com 32 anos.

Os dois foram conduzidos para a cadeia de São Pedro do Turvo.

 

 

Briga por som alto termina em “facãozada” na Vila Divinéia

VER NOTÍCIA

PMR faz apreensão de mais de 250 mil maços de cigarros em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Policia Civil de Santa Cruz recupera carga roubada em Osasco

VER NOTÍCIA