Política

Secretário Meio Ambiente explica corte de árvore na Marechal Bitencourt

 

 

O corte de uma árvore na rua Marechal Bitencourt, centro de Santa Cruz do Rio Pardo, gerou muitas criticas em redes sociais nesta terça-feira (29). Luciano Massoca, Secretário de Meio Ambiente do município, explicou que a árvore estava condenada, e em 30 dias outra terá ser plantada no local.

“Naquele local existe um consultório médico, a própria médica nos relatou que aquela árvore estava produzindo algumas frutinhas, e as crianças estavam ingerindo e fazendo mal, além disso é uma espécie imprópria para a cidade, e nossa equipe juntamente com a bióloga foram até o local e constataram a necessidade de realizar o corte” disse Massoca.

A bióloga Elianise Mara de Souza explicou como é o procedimento “Não é porque a pessoa veio pedir o corte de uma árvore, nós vamos lá e cortamos, existem casos que pedem corte e aí a gente verifica só a poda ser o suficiente, e também o contrário, no caso dessa árvore da Marechal Bitencourt nós constatamos a necessidade do corte”.

Luciano Massoca e a bióloga Elianise mostram o laudo da árvore cortada

 

Luciano Massoca ainda ressaltou que além de ser uma árvore imprópria para a cidade, além dos frutos que estavam fazendo mal para as crianças, ela também já estava doente em um lado, ocasionando perigo.

O Secretário municipal também fez questão de alertar que a responsável pelo local, tem o prazo de 30 dias para plantar uma nova árvore no espaço.

“Quando existe um corte de árvore a gente já orienta as pessoas que elas tem 30 dias para plantar uma nova, e também indicamos as espécies adequadas”.

Ouça a entrevista completa com Luciano Massoca:

 

 

 

 

Campanha do Meio Ambiente doa 70 mudas de árvores e arrecada 25 quilos de lixo eletrônico

VER NOTÍCIA

Santa Cruz terá distribuição de mudas de árvore em comemoração ao mês do Meio Ambiente

VER NOTÍCIA

Mutirão de limpeza recolheu quase 500 toneladas em Santa Cruz

VER NOTÍCIA