Região

Ajudante de pedreiro que matou mulher com golpe de canivete vai responder por feminicídio

 

 

Homem tentou se matar após o crime; ele foi socorrido e já teve alta; a vítima Cristiane Hidalgo Pinheiro (foto), de 41 anos, foi esfaqueada no pescoço durante uma briga com o companheiro, de 40 anos, na zona rural de Palmital (SP).

 

Por G1 Bauru e Marília

 

O ajudante de pedreiro suspeito de matar a companheira de 41 anos com um golpe de canivete em Palmital (SP) vai responder por homicídio qualificado com agravante de feminicídio. O crime aconteceu depois de um desentendimento na casa de amigos na zona rural, na noite de sábado (16).

Cristiane Hidalgo Pinheiro foi atingida no pescoço e morreu no local. Jeferson Luiz da Costa, de 40 anos, ainda tentou se matar após o crime cortando o próprio pescoço, mas foi surpreendido pelos policiais e tentou fugir. Ele foi perseguido e acabou preso.

Com os cortes no pescoço, o suspeito foi levado para o pronto-socorro. Ele recebeu atendimento médico e em seguida foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil. Jeferson foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada em audiência de custódia.

Jeferson foi preso após tentar se matar — Foto: Reprodução/TV TEM                                                                                                                                                       

 

Equipe do 13º BAEP prende mulher procurada da justiça na Madre Carmem

VER NOTÍCIA

PM prende homem com CNH “comprada” em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

PMR apreende grande quantidade de maconha em Santa Cruz do Rio Pardo

VER NOTÍCIA