Revista

Pesquisa indica que 68% de líderes de RH se preocupam em construir habilidades e competências

 

 

Alinhada com a tendência, a Special Dog Company cria programa de talentos com objetivo de identificar e capacitar colaboradores que se destacam por suas aptidões mais marcantes e, por vezes diferenciadas, que condizem com um transformado mundo do trabalho

 

Segundo pesquisa da Gartner – empresa de consultoria – realizada com mais de 800 líderes e que objetivava elencar as principais tendências de RH para 2021, a maior preocupação dos gestores de Recursos Humanos para este ano seria construir habilidades e competências críticas nos colaboradores. Isto é, de acordo com o estudo, para 68% dos entrevistados, os colaboradores apresentam uma lacuna de novas habilidades essenciais para que o trabalho seja desempenhado e seria necessária uma abordagem mais dinâmica para requalificar e redistribuir talentos, percebendo a mudança nas demandas do negócio e adequando-as aos novos perfis profissionais.

Atenta a essas transformações do mercado e buscando estar em conformidade com os cenários, a Special Dog Company, uma das maiores fabricantes de alimentos para cães e gatos do Brasil e reconhecida, em 2020, como umas melhores empresas para se trabalhar na América Latina, segundo o ranking do Great Place to Work – principal indicador de excelência do trabalho no país, tem apostado cada vez mais no desenvolvimento de seus talentos. Como marca empregadora e compartilhando da mesma opinião que a maioria dos ouvidos pela Gartner, a fabricante de petfood já está na segunda edição de seu “Programa de Talentos”. Dividido em seis módulos, o projeto traz uma trilha formativa que inclui momentos expositivos, debates, dinâmicas em aula e tarefas de casa. As discussões tratam de autoconhecimento, eficácia pessoal, relacionamento interpessoal, estilo de liderança, planejamento pessoal e desenvolvimento pessoal e de equipes.

Segundo Fabia Lima, Gerente de RH da Special Dog Company, o programa é uma ferramenta estratégica que visa o crescimento de cada colaborador prevendo um cenário comum ou até mesmo um mais crítico, como o que estamos vivenciando há alguns meses, por conta da pandemia, e que pede novas maneiras de lidar com situações. “A iniciativa é uma ação complementar às atividades de treinamento e desenvolvimento já oferecidas regularmente às equipes. Com ela, favorecemos que os colaboradores cresçam tanto de forma pessoal quanto profissional. O foco é trabalhar novas habilidades, alinhadas a um novo tempo, que pede e abriga novos perfis de trabalhadores”, explica a gestora.

Para Fernanda Cristina Vela, que é Coordenadora de RH na Special Dog Company, agir para a formação do colaborador enquanto cidadão e ao mesmo tempo trabalhar o perfil coorporativo de cada um traz benefícios para os dois lados: “Trabalhando em várias vertentes, ganhamos uma pessoa desenvolta e com múltiplas habilidades para atuar em diversos momentos da vida, ao mesmo tempo em que trazemos inovação, competitividade e rentabilidade à empresa, que institui internamente uma equipe de grandes talentos. Desta forma, ganha o colaborador, que recebe um incremento em sua formação, e ganha a empresa que passa a contar com os melhores profissionais dentro de casa” pondera.

O Programa de Talentos da Special Dog Company está em seu segundo ciclo. A primeira turma formou-se antes da pandemia e contou com dez participantes. A segunda turma tem 18 alunos e concluirá suas atividades no fim deste ano.

Mais informações sobre a Special Dog Company, acesse: www.specialdog.com.br.

 

 

DIA DOS CRIANÇAS: Aplicativo da ACE premia consumidores com vale compras

VER NOTÍCIA

Horário especial no comércio de Santa Cruz para o Dia das Crianças

VER NOTÍCIA

Campanha ‘Limpe seu nome’ começa na sexta-feira

VER NOTÍCIA