Policial

Padre que atropelou homem no centro de Santa Cruz está “consternado e arrependido”, segundo nota

 

 

O Frei Gustavo Trindade dos Santos, 37 anos, que no último sábado (7) jogou o seu veiculo contra um homem que corria pela calçada na Avenida Tiradentes, após o mesmo ter furtado o Salão Paroquial da Matriz São Sebastião, se diz consternado e arrependido por seu ato e pediu orações pela recuperação da vitima que está internada na Santa Casa.

“Informamos que Frei Gustavo se encontra profundamente consternado e arrependido pelo trágico desfecho e conclama a todos os fiéis por orações pela vida do Sr. Ângelo Nogueira, que está em recuperação na UTI da Santa Casa da cidade” diz uma nota publicada pela Ordem dos Frades Pregadores (Dominicano) e a Diocese de Ourinhos.

A nota é assinada pelo Frei André Luiz Tavares e pelo bispo Dom Eduardo Vieira dos Santos. O documento (veja abaixo) ainda diz que Frei Gustavo está colaborando com as investigações e se colocou a disposição da justiça. Apesar dessa afirmação o religioso segue foragido.

A diocese informou que o padre foi afastado de todas as atividades da igreja.

 

Habilitação vencida

O jornalista Dario Miguel da Radio 104 Alternativa FM revelou na tarde desta quarta-feira (10) que o Frei Gustavo está com sua carteira de habilitação vencida a pelo menos dois anos.

Preso ou não ?

A Policia Civil de Santa Cruz do Rio Pardo, através do delegado de Policia Valdir Alves de Oliveira pediu a prisão preventiva do padre, mas o Ministério Público se posicionou contra a medida alegando que o religioso não apresenta riscos à segurança pública. 

Sendo assim, o juiz Pedro de Castro e Sousa, da Vara Criminal de Santa Cruz do Rio Pardo, negou decretar a prisão do frade Gustavo Henrique Trindade dos Santos, que atropelou um ladrão que furtou duas blusas e um moletom da Casa Paroquial.

Após se apresentar para a policia, Frei Gustavo deverá responder em liberdade.

Ficha policial extensa

Ângelo Marcos dos Santos, 40 anos, conhecido como Anjinho, que foi atropelado pelo Frei Gustavo no último sábado, possui uma extensa ficha policial, além de lesão corporal, invasão de domicilio, dano ao patrimônio público, falsidade ideológica, ele também já furtou a igreja Matriz da cidade de Avaré.

Se somadas todas as condenações, a sua pena passa de 17 anos.

A Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo não está passando muitas informações sobre a situação de “Anjinho”, mas o que se sabe é que ele segue na UTI e se estado de saúde é bastante delicado.

 

 

Com ajuda de cão farejador PM apreende 19 tijolos de maconha em rodoviária de Ourinhos

VER NOTÍCIA

Policia Militar prende condenado por roubo em Santa Cruz do Rio Pardo

VER NOTÍCIA

Fugitivo é preso pela PM de Santa Cruz

VER NOTÍCIA