Saúde

Secretaria de Saúde de Santa Cruz realiza campanha “Julho Amarelo” em combate à Hepatite

 

 

No dia 28 de julho a OMS celebra o Dia Mundial de Combate às hepatites e com o objetivo de conscientizar a população sobre o tratamento e prevenção a Secretaria Municipal de Saúde realizará ações especiais nesta semana.

O atendimento relativo à hepatite será estendido em todas as unidades de saúde, sendo realizado de segunda à sexta-feira das 13h às 15h. E no SAEDI (Serviço Especializado em Doenças Infecciosas) o atendimento será nos dias 25,27 e 28 das 13 às 15h. O SAEDI está localizado dentro do Centro de Saúde II, na Avenida Tiradentes, nº 934, centro.

Haverá ainda atendimento através da unidade móvel, no dia 26, na Feira da Lua (em frente ao Santuário Nossa Senhora do Rosário de Fátima, das 15h às 20h.

O exame para diagnosticar a doença é rápido, sigiloso, seguro e gratuito para qualquer cidadão. Para realização do teste, é necessário procurar a unidade de saúde mais próxima de casa e ou o SAEDI

O que é hepatite?


Segundo o Ministério da Saúde, a hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas. A transmissão das hepatites virais acontece de formas variadas, como relações sexuais sem preservativo, contato sanguíneo, ou infecções relacionadas às condições de saneamento básico e higiene.

 

Sintomas


Alguns sintomas da hepatite são cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Nem sempre o infectado apresenta sintomas, por isso a testagem é essencial.

 

Tratamento e prevenção


O SUS oferece vacina para a Hepatite A e B, para as faixas etárias preconizadas, além de fornecer tratamento gratuito para todos os pacientes com a doença. Para evitar o contágio algumas medidas são essenciais, como:
– Usar preservativo em todos os tipos de relações sexuais;
– Evitar compartilhamento de materiais cortantes e seringas, ou qualquer outro que possa ter entrado em contato com sangue (alicates de cutículas, espátulas tesouras, escovas de dente, materiais de uso pessoal e seringas agulhas usados em tatuagens e colocação de piercings, por exemplo);
– Manter boas práticas de higiene em geral, com lavagem constante das mãos, consumir apenas água tratada e higienização dos locais de alimentação.

Maiores informações, entre em contato com o SAEDI pelo telefone (14) 3332-2306 opção 19.

 

 

Secretaria de Saúde realiza nebulização em Santa Cruz

VER NOTÍCIA

Combate a Dengue: Prefeitura de Santa Cruz realiza mutirão de limpeza, confiras as datas

VER NOTÍCIA

Santa Cruz registra 21 casos positivos de dengue, Eldorado e Centro os locais mais afetados

VER NOTÍCIA